• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Notícias
  • Luís Carneiro toma posse na chefia do MPT na Bahia em evento concorrido

Luís Carneiro toma posse na chefia do MPT na Bahia em evento concorrido

Uma solenidade concorrida, com a presença de representantes de diversos órgãos públicos, entidades da sociedade civil, servidores e procuradores do trabalho marcou a posse de Luís Carneiro Filho como procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia.

Além dele, outros dez integrantes da Mesa diretora do órgão no estado também foram empossados para um mandato de dois anos. O evento foi realizado na sede do órgão, na Avenida Sete de Setembro, 2563, Corredor da Vitória, em Salvador, e foi encerrado com um coquetel para os presentes.

“É com muita honra que assumo esse cargo”, afirmou o novo procurador-chefe. Ele agradeceu aos amigos, familiares, procuradores e servidores, e ressaltou as lutas que o órgão vai travar para defender os direitos dos trabalhadores. “Avançamos, mas ainda há muito o que fazer”, completou, ao referir-se à gestão de Alberto Balazeiro à frente do MPT no estado. O novo gestor também destacou a importância do MPT neste momento do país. “Afortunada é a nação que em momentos de crise dispõe de um Ministério Público forte e atuante”, finalizou.

O procurador-geral do trabalho, Ronaldo Fleury, veio de Brasília para prestigiar a solenidade. Ele deu posse aos novos gestores e relembrou em seu discurso a atuação da gestão anterior do órgão, conduzida pelo procurador do trabalho Alberto Balazeiro, e enalteceu as qualidades da nova gestão. “Para atuar à frente do MPT, são necessárias algumas características que eu sei que são encontradas no procurador-chefe do estado, Luís Carneiro”, declarou. Fleury também falou sobre a nova reforma trabalhista e o papel que o MPT passa a assumir frente aos novos desafios. “Apesar de ser um dia de festa, o direito do trabalhador não tem o que comemorar. Hoje é primeiro dia útil de vigência dessa nova reforma trabalhista que desumaniza o trabalhador” destacou.

Em seu discurso, Ângelo Fabiano da Costa, presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), comentou sobre a felicidade de participar da solenidade e ressaltou que “o procurador-chefe tem papel fundamental na atuação do órgão em cada estado, e eu não tenho dúvidas de que em um momento de tanto retrocesso social, o amigo Luís vai desempenhar com maestria as essas funções”, ressaltou. Ele relembrou ainda a atuação de Alberto Balazeiro à frente do órgão, e falou que a gestão dele é referência para todos os procuradores do Brasil.

O procurador do trabalho, e procurador-chefe do MPT na Bahia nos biênios 2013-2015 e 2015-2017, Alberto Balazeiro elogiou as qualidades de Luís Carneiro, ressaltando que ele é um “exemplo de competência e dedicação”. Balazeiro ainda listou pontos importantes da sua gestão à frente do MPT, como a luta pelos direitos dos trabalhadores e as novas instalações do órgão na Bahia, lembrando da atuação e participação de Luís Carneiro. No fim do seu discurso, Balazeiro relembrou o sentimento de equipe durante a sua gestão e parabenizou a nova gestão.

A mesa da solenidade contou ainda com a presença da presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, desembargadora Lourdes Linhares, da procuradora-geral de justiça do Estado da Bahia, Ediene Lousado, da superintendente do trabalho, Gerta Fahel, dos vice-procuradores do chefes do MPT na Bahia, também empossados Séfora Char e Marcelo Travassos, do procurador-geral do estado, Paulo Moreno, que representou o governador do estado, Rui Costa, e da procuradora-geral do município, Luciana Lopes, que representou o prefeito de Salvador, ACM Neto.  

A nova gestão do MPT na Bahia é formada ainda pelos procuradores Séfora Char, vice-procuradora-chefe institucional; Marcelo Travassos, vice-procurador-chefe de gestão; Leticia Vieira, coordenadora de 1° grau; Messias Bulcão, coordenador de 2° grau; e Rachel Freire, coordenadora das PTMs. O coordenador do Centro de Estudos Jurídicos (Cejur) continua a ser Pedro Lino de Carvalho Júnior e o Núcleo de Estágio Acadêmico permanece sob o comando de Cláudio Dias Lima Filho. Integram ainda a equipe Andrea Tannus Freitas, coordenadora de 1° grau substituta; Sandra Marlicy, coordenadora de 2° grau substituta; e Silvia Valença, coordenadora das PTMs substituta.

Os empossados Silvia Valença, Pedro Lino de Carvalho, Rachel Freire, Sandra Marlicy, Messias Bulcão, Luís Carneiro, o procurador geral do trabalho Ronaldo Fleury, Andréa tannus Freitas, Letícia Vieira, Marcelo Travassos e Séfora Char
Os empossados Silvia Valença, Pedro Lino de Carvalho, Rachel Freire, Sandra Marlicy, Messias Bulcão, Luís Carneiro, o procurador geral do trabalho Ronaldo Fleury, Andréa tannus Freitas, Letícia Vieira, Marcelo Travassos e Séfora Char

 

Luís Carneiro destacou a necessidade de união das instituições
Luís Carneiro destacou a necessidade de união das instituições

Ronaldo Fleury garantiu apoio aos novos gestores do MPT na Bahia
Ronaldo Fleury garantiu apoio aos novos gestores do MPT na Bahia

 

Alberto Balazeiro fez um breve restrospecto de sua gestão
Alberto Balazeiro fez um breve restrospecto de sua gestão
O presidente da Associação dos Procuradores, Ângelo Fabiano, também desejou sucesso aos empossados
O presidente da Associação dos Procuradores, Ângelo Fabiano, também desejou sucesso aos empossados

Autoridades civis e militares lotaram o auditório do MPT na Bahia
Autoridades civis e militares lotaram o auditório do MPT na Bahia

Imprimir

Home page - slide banners

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • banner direitos coletivos